No filme retrata a história (baseado em fatos reais) de uma escola, situada na periferia dos Estados Unidos, onde os alunos vivem em torno de preconceitos, divisões raciais e violência. Tais fatores implicam na qualidade da educação e no desânimo de professores que não conseguem levar o conhecimento aos alunos. Diante de toda essa problemática, aparece uma nova professora na escola, recém formada, e percebe a realidade daquele local. Assim parte por um caminho de novas idéias e métodos para engajarem aqueles alunos na educação.  Passa a entender melhor aquela realidade e introduz a sua disciplina naquele contexto. Faz com que eles escrevam um diário, falando cada um de sua vida e junto disso pede para que eles leiam o livro – O Diário de Anny Frank – que aborda as questões do nazismo. Não foi fácil, aplicar novos métodos, pois depende de muita perseverança e isso a professora teve, enfrentando diretores e outros professores que eram contra seu método – por questões de inveja – e fez a diferença naquele ambiente onde para muitos nada era mais possível.

A turma quer inspirou o Filme